Registo  |  Pedidos  |  Login

  
  
 Imagens Ovos Moles de Aveiro (3 caixas x 250g)

  • Imagens Ovos Moles de Aveiro (3 caixas x 250g)
  • Imagens Ovos Moles de Aveiro (3 caixas x 250g)
  • Imagens Ovos Moles de Aveiro (3 caixas x 250g)
  • Imagens Ovos Moles de Aveiro (3 caixas x 250g)
  • Imagens Ovos Moles de Aveiro (3 caixas x 250g)
  • Imagens Ovos Moles de Aveiro (3 caixas x 250g)
     
Pin It


Ovos Moles de Aveiro (3 caixas x 250g)

Preço: 28,50 €

Disponível em 2-3 dias após o pedido

O preço inclui taxas, o preço não inclui o custo da entrega.

Um doce tradicional de Aveiro, composto por uma deliciosa e requintada massa de doce de ovos no seu interior, envolvido em hóstia. Uma deliciosa tentação.


Origem
A produção original deste doce regional, os Ovos Moles de Aveiro, deve-se às freiras dos vários conventos existentes na zona, até ao século XIX.
Neste tempo a clara de ovo era utilizada para engomar os hábitos e clarificar o vinho, sobrando as gemas, o aproveitamento destas gemas originou estes soberbos ícones da gastronomia portuguesa.
Extintos os conventos, o fabrico dos ovos-moles passou de geração em geração, até aos nossos dias. 
Desde o início da linha de caminho-de-ferro, Porto-Lisboa que era tradicional a sua venda durante a paragem dos comboios na estação de Aveiro, feita por mulheres usando trajes regionais.
A "massa de doce de ovos" é também comercializada em barricas de madeira pintadas exteriormente com barcos moliceiros e outros motivos da Ria de Aveiro. Os Ovos Moles de Aveiro apresentam-se envolvidos em hóstia (massa especial de farinha de trigo), moldada nas mais diversas formas de elementos marinhos de grande influência, na vida desta cidade costeira, como amêijoas, peixes, bateiras, conchas e búzios.
Este foi o primeiro doce conventual a ser certificado no espaço comunitário. Este selo atesta a sua qualidade e autenticidade.


3 Caixas de 250 gramas.
Produto do produtor artesanal premiado com medalha de prata 2015 para os Ovos Moles de Aveiro e Barquinhos de Ovos Moles. Em 2014 obteve medalha de ouro para os Ovos Moles de Aveiro.

Produto conservado a temperatura ambiente, certificado com IGP (identificação geografica protegida) e embalado em caixas.
Condições ideais de consumo até 15 dias. Disponivel para envio dentro de 3 dias.



Mitos na conservação dos ovos moles
1. Os ovos moles não necessitam de frio.
De facto a origem deste doce teve como primeira preocupação o aproveitamento e conservação das gemas que havia em abundância nos conventos, dai a utilização do açucar e a cozedura a altas temperaturas para garantir uma ideal conservação à temperatura ambiente, visto naquela altura não havia meios de refrigeração.
2. Os ovos moles devem ser conservados à temperatura ambiente fechados na caixa evitando a exposição ao ar. A sua validade ronda os 15 dias.
De facto a conservação no frigorífico, altera as condições ideais do recheio. O frio leva à cristalização do açúcar, o que subverte o prazer da prova do recheio, que deve ser cremoso e sem grânulos.
3. Poderá no entanto congelar dentro da embalagem e no dia em que os for consumir, retirar do congelador e colocar à temperatura ambiente, cerca de 4/6 horas antes. No entanto quem é que consegue resistir a estas deliciosas e premiadas tentações de Aveiro.


História
Os Doces Conventuais têm em Portugal uma forte raiz cultural, económica, histórica e religiosa, remontam o tempo dos descobrimentos e o condimento principal que abundava na altura em Portugal, o açucar, o "ouro branco" da Europa, oriundo das plantações de cana-de-açúcar  que Portugal introduziu com êxito, no Brasil e na Madeira. A "cultura do açucar" não tardou a fazer-se sentir na doçaria portuguesa, por todas as regiões e seus conventos, onde freiras e monges dedicavam o seu tempo a criar deliciosas e delicadas obras de arte com açucar e ovos, ingredientes que estão na base da maior parte deste doces conventuais.
A frequente utilização dos ovos na doçaria e pratos tipicos portugueses tem um peso histórico e cultural muito enraizado, o seu uso verifica-se em Portugal desde os romanos aos mouros, utilizados em requintadas sobremesas ou em pratos mais robustos, tipicos do interior de Portugal onde varias gerações de familias rurais, criavam galinhas e porcos como forma de sobrevivencia e sustento, principalmente até 1974.
Os ovos serviam o consumo familiar mas tambem representavam a moeda de troca para outros alimentos ou bens.
Pontualmente em casas mais abastadas ou conventos fora dos centros urbanos tambem era frequente encontrar criação de galinhas.
O excedente dava aso à criatividade nos pratos e bolos que viriam a fazer parte da tradição culinária portuguesa e algumas receitas ainda contam hoje com um grande número de ovos. 
O ovo rico em proteina, versatil na sua confeção e acessivel economicamente, tornou-se imediatamente num alimento transversal à culinária portuguesa. 

Região de Aveiro:

  

Segue o álbum do(a) Deli Portugal Portuguese Convent Pastryno Pinterest.


 


Detalhes produto


Categoria: Doces Conventuais

Peso produto: 0.99 kg.


Adicionar comentário:

  •  
  • Deve efetuar o login para publicar um comentário Login ou Criar conta

Produtos similares


Caixas de miniaturas de Ovos Moles de Aveiro em formato de concha. Um doce tradicional de Aveiro, composto por uma deliciosa e requintada massa de doce de ovos no seu interior, envolvido em...
29,50 €
Um doce tradicional de Aveiro, composto por uma deliciosa e requintada massa de doce de ovos no seu interior, envolvido em hóstia. Uma deliciosa tentação. Origem...
8,10 €
A partir do doce mais conhecido de Aveiro, o doce de Ovos Moles de Aveiro surgiu recentemente uma inovação deliciosa - Queijinhos de amêndoa e ovos moles - uma massa de amendoa com...
5,20 €
Um delicioso doce de ovos envolvidos numa fina camada de massa estaladiça. Um doce requintado e muito procurado que todos elogiam. Informações Os pasteis de Vouzela...
7,50 €