Registo  |  Pedidos  |  Login

  
  
 Imagens Ginjinha de Alcobaça M.S.R. 0.50l

  • Imagens Ginjinha de Alcobaça M.S.R. 0.50l
  • Imagens Ginjinha de Alcobaça M.S.R. 0.50l
  • Imagens Ginjinha de Alcobaça M.S.R. 0.50l
  • Imagens Ginjinha de Alcobaça M.S.R. 0.50l
  • Imagens Ginjinha de Alcobaça M.S.R. 0.50l
  • Imagens Ginjinha de Alcobaça M.S.R. 0.50l
  • Imagens Ginjinha de Alcobaça M.S.R. 0.50l
     
Pin It


Ginjinha de Alcobaça M.S.R. 0.50l

Preço: 28,80 €

Disponível

O preço inclui taxas, o preço não inclui o custo da entrega.

Este aveludado licor de sabor tentador é produzido em Alcobaça através de um processo artesanal, exclusivamente a partir de ginjas frescas selecionadas, da melhor qualidade.

Informação
Embora as suas qualidades digestivas o remetem habitualmente para um delicioso final de refeição, é um licor versátil que pode ser apreciado em qualquer momento, gelado, ou ao natural. É também muito utilizado na gastronomia, em sobremesas e cocktails e dá o toque tão especial à  “Sangria” de vinho tinto, bebida tipica do verão, tão comum em Portugal. Esta bebida tem por base o licor de ginja, um vinho tinto encorpado de preferência do Dão, Douro ou Alentejo, ou de outra região mas sempre com alguma qualidade que também existe na versão com vinho Branco, Espumante ou Rosé. Esta apetitosa e refrescante Sangria é a fiel companheira das sardinhas assadas dos meses quentes de verão.
Nos últimos tempos as ginjas têm sido também objeto de intensa investigação por ser um fruto vermelho e pelos compostos responsáveis pela sua cor que trazem bastantes benefícios para a saúde. Algo se terá perdido no tempo, pois já o médico grego do século I, Dióscoro reconhecia neste fruto propriedades terapêuticas.

Origem
O licor de Ginja M.S.R. surgiu em Alcobaça por Manuel Sousa Ribeiro que com os seus conhecimentos e instrução e em claro desafio aos tradicionais licores de ginjas caseiros que proliferavam por Alcobaça, propôs-se fazer o melhor destes licores de ginjas saídos do Mosteiro de Alcobaça, desenvolveu uma fórmula única de fabrico de um licor que se mantém inalterado até aos dias de hoje. O registo da marca data de 1930.
Entre as inúmeras revelações da história do licor de ginja em Portugal, conta-se que nas caves da  M.S.R. se faziam reuniões contra o regime de Salazar.

Prémios
A M.S.R. o licor de Ginja de Alcobaça, ganhou o prémio "o melhor dos melhores" em 2012, no concurso nacional de licores conventuais e tradicionais portugueses.
Medalha de ouro em licores de Ginja 2014 na Feira Nacional da Agrocultura.
Ginjinha M.S.R de Alcobaça 0,50l (sem ginjas)
Enviado numa caixa própria de transporte de garrafas para maior segurança.

História
As ginjas, fruto agridoce, trazidas da Asia Menor no litoral do Mar Cáspio têm o sua melhor formação pelas terras portuguesas na zona Oeste de Portugal. Já Plínio o velho (séc. I DC), famoso escritor romano, louva as ginjas da Lusitânia, um tipo de ginja portuguesa, de nome de origem “prunus cerasus”.
O Licor deste fruto tem duas regiões devidamente identificadas para produção, a IGP "Ginja de Óbidos e Ginja de Alcobaça", criada para proteger a tipicidade e genuinidade deste produto devidamente certificado. As ginjas destas regiões são de variedades diferentes, ambas de adaptação local e natural, de origem endémica, evoluindo favoravelmente nestas regiões devido às condições climáticas e tipo de terreno, atingindo aqui uma perfeição e qualidade inigualáveis.
Com um cariz marcadamente nacional, esta bebida, foi mencionada várias vezes por artistas e poetas, cantada por fadistas como Amália Rodrigues que a imortalizou em “vou dar de beber à dor”, fez parte da história da famosa Lisboa boémia, onde haveria as típicas casas da ginjinha e onde as tabernas e botequins também a serviam. 
Depressa este licor se tornou famoso e vendido em toda a parte. A comunidade judaica teve posteriormente um papel importante na sua divulgação e comercialização, aparecendo gradualmente nos botequins e tabernas típicas, frequentadas pela burguesia. A ginjinha tornou-se uma bebida comum em casa dos portugueses e um digestivo de oferta muito valorizado pelos convidados.
Banalizada desta forma a bebida surgia com menor ou maior qualidade mas foi na região Oeste que ela reencontrou o seu padrão de qualidade e recuperou o seu charme. E é em Óbidos e Alcobaça que encontramos verdadeiramente o genuíno e tão especial sabor deste licor de ginja certificado.

Alcobaça:

 

 


Detalhes produto


Categoria: Licores Premiados

Peso produto: 1.40 kg.



Produtos similares


A Ginjinha de Óbidos, Oppidum é uma pequena empresa de cariz familiar fundada oficialmente em 1987 que criou a “ginjinha em copo de chocolate” e ginjinha de...
74 €
O que era um licor popular de taberna passou a ser um licor elegante e de notas requintadas, indispensável em qualquer casa portuguesa, para consumo próprio ou servido como oferta aos...
29,30 €
Pioneira na produção do Licor de Ginja, a Frutóbidos é classificada e reconhecida como uma unidade produtiva artesanal de qualidade no âmbito da...
24,50 €
O que era um licor popular de taberna passou a ser um licor elegante e de notas requintadas, indispensável em qualquer casa portuguesa, para consumo próprio ou servido como oferta aos...
22,70 €