Registo  |  Pedidos  |  Login

  
  
 Imagens Georgette Ovas de Sardinha em Azeite 120g

  • Imagens Georgette Ovas de Sardinha em Azeite 120g
  • Imagens Georgette Ovas de Sardinha em Azeite 120g
  • Imagens Georgette Ovas de Sardinha em Azeite 120g
     
Pin It


Georgette Ovas de Sardinha em Azeite 120g

Preço: 24,50 €

Stock limitado

O preço inclui taxas, o preço não inclui o custo da entrega.

As marcas de conservas ganham cada vez mais pontos e entraram na moda. Seria difícil pensar que as antigas conservas se revelassem um sucesso capaz de gerar uma nova moda em Portugal aguçando a curiosidade no resto do mundo. José Nero percebeu isso e de imediato, relançou as conservas Nero, Georgette, Naval e Catraio.

História
Tudo começou em 1680, quando a família Nero, de origem italiana, imigrou para Portugal, instalando-se em Sesimbra. Durante quase 250 anos produziu peixe salgado, prensado e seco, exportado essencialmente para Itália. Em 1912 Amadeu Henrique Nero, com 23 anos, juntamente com outros sócios, fundou a primeira fábrica de conservas.
Daqui surgiu o famoso Atum Catraio e a marca ganhou uma medalha de prata na Exposição Regional de Setúbal, em 1930. À medida que os anos foram passando, Amadeu Henrique Nero foi adquirindo a parte dos sócios.
Em 1958, a fábrica Nero transferiu-se de Sesimbra para Matosinhos e, na década de 1960, adquiriu a Fábrica Nacional de Conservas, em Setúbal. Mais tarde as vendas começaram a diminuir e a família decidiu, em 1989, vender a empresa e a respectiva designação social.
Sem desistir do negócio de família, José Nero, o neto de Amadeu Henrique Nero, retomou a actividade em 1992 com uma nova visão empresarial estava empenhado em produzir outras variedades de conservas e em Novembro de 2010, as Conservas Nero relançaram os mesmos grafismos coloridos das embalagens originais com as conservas de Atum Catraio, da celebre marca Georgette e do Bacalhau Naval. A inovação toma conta desta fabrica através do lançamento de ovas em condimentos, anchovas em vinho moscatel, dos filetes de peixe-espada preto e outras variadissimas reinvenções. 

Quanto ao método, todas estas conservas são produzidas segundo técnicas tradicionais: o peixe é pré-cozido a vapor e depois enlatado de forma manual, como se faz há gerações. Um processo artesanal que pode ser mais lento mas assegura vantagens únicas em qualidade e sabor, como explicou José Nero.

O projecto é uma continuação da actividade centenária, aliando agora a tradição e o conhecimento com a modernidade e a inovação, razões para conquistar o mundo. De momento as conservas Nero encontram-se espalhadas por vários países na Europa (Alemanha, Espanha, Dinamarca, França, Holanda e Polónia) e brevemente estarão disponíveis em dois novos mercados: os Estados Unidos e o Japão.

 


Detalhes produto


Categoria: Ovas

Peso produto: 0.25 kg.



Produtos similares


A BRIOSA Gourmet, lançou as sardinhas sem pele e sem espinhas, o atum com feijão frade, o bacalhau com grão e as ovas de sardinha no melhor dos azeites de oliveira,...
32,50 €
Ovas de Bacalhau conservado em azeite e sabor a especiarias. Mais uma deliciosa especialidade da Tricana, para apreciadores do melhor "caviar" de Portugal. Reconhecida pela sua qualidade, a...
25,50 €